Gostaria de lhe colocar 2 questões:

1 – Tem o desejo de mudar algo na sua vida?

2 – O quanto está realmente disposto a mudar?

Repare na diferença das perguntas e das respostas que obtem. Há uma grande diferença entre querer mudar e estar disposto a mudar. Querer mudar, é quando nos apercebemos que algo não está a funcionar como gostaríamos, é quando começamos a achar que temos que fazer outra coisa, é quando chega o desejo puro de mudança. Sabemos que queremos mudar, mas ainda não sabemos ao certo o quê, o como e o quando.

Agora, estar disposto a mudar é diferente.

Estar disposto a mudar é agir, perseverar, cair, levantar, lidar com o sucesso, reconhecer o valor da derrota, saber manter a humildade no momento da vitória… Estar disposto a mudar é ação, é estar preparado para começar a colocar em prática aquilo que tanto desejamos mudar.

Então, para essa mudança ocorrer, para atingirmos esse “sonho”, há uma palavra fundamental. OBJECTIVO.

Para mudarmos temos que saber o que queremos mudar, temos que saber em que ponto nos encontramos e a que ponto queremos chegar. Sem esta definição inicial, a mudança será mais difícil. Será como entrar dentro do seu carro e andar as voltas sem destino. Esta parte parece bem simples, mas geralmente as pessoas não investem tempo a investigar onde estão e onde pretendem chegar.

Para formular o(s) seu(s) objectivo(s) há algumas considerações importantes.

O seu objectivo, ou ponto de chegada; deve ser formulado de uma forma positiva. Objectivos como “Não quero continuar com a vida que tenho.”; “Não quero ter pessoas negativas na minha vida.”, “Não quero ser pobre.”, não são objectivos bem definidos, pois o nosso cérebro não reconhece o “Não” e o que ele fará, na realidade, será registar todos esses objectivos, mas sem o “Não”. Ou seja, “Quero continuar com a vida que tenho”, “Quero ter pessoas negativas na minha vida”….e por aí fora. Se eu disser, “Não pense na sua mãe.”, o que é que você faz? A imagem da sua mãe vai aparecer. E é isso que se passa quando você define objectivos de uma forma negativa. O seu cérebro vai focalizar-se sobre o que você não quer ao invés de se focar sobre aquilo que você realmente quer. Se é importante saber o que não quer? Claro que sim! Mas ainda mais importante é saber realmente aquilo que quer.

Então, para ajudar a definir melhor o seu objetivo, há que definir de uma forma correta o que se pretende alcançar. Para isso, uma das formas mais usadas na formulação de objectivos é o Modelo SMART.

Este modelo diz-nos que o objectivo deve ser:

Specific, Simple (Específico, Simples)
Mensurable, Meaningful (Mensurável, cheio de significado)
Achievable (Atingível, como se fosse agora)
Realistic, Responsible (Realista, Responsável)
Timed, Towards what you want (Datado)

Qualquer processo de mudança leva tempo. Esse tempo é fundamental para que a mudança seja efetiva. Não espere mudanças de um dia para o outro, nada na natureza muda dessa forma.

Aprenda a observar a natureza, e aprenderá a compreender o processo da mudança, pois a natureza é a nossa melhor fonte de aprendizagem.

Seja forte como as raízes das árvores, seja flexível como os ramos mais altos, esteja consciente que existem diferentes estações do ano, e adapte-se a elas, pois uma árvore não deixa de viver só porque as folhas caíram.

Após a fixação dos objectivos, respeitando o modelo SMART, lembre-se de agir no agora, pois é no agora que temos poder de influência.

Termino este meu artigo com um texto de OG Mandino, onde ele revela a importância da ação, no agora.

“Pois o agora é tudo o que tenho. 
O amanhã é o dia reservado para o trabalho do preguiçoso. Eu não sou preguiçoso. 
O amanhã é o dia em que o mau se torna bom. Eu não sou mau. O amanhã é o dia em que o fraco se torna forte. Eu não sou fraco. O amanhã é o dia em que o fracassado terá êxito. Eu não sou fracassado.         
Agirei agora.

Quando o leão está faminto, ele come. Quando a águia tem sede, ela bebe. Se não agem, ambos correm perigo.      
Sinto fome de êxito. Sinto sede de felicidade e de paz interior. Agirei para não correr perigo numa vida de fracasso, de miséria e de noites mal dormidas.           
Eu ordenarei e obedecerei as minhas próprias ordens.
Agirei agora.

O êxito não espera. Se chego atrasado, ele vai-se comprometer com outro e eu o perderei para sempre.       

Esta é a hora. Este é o lugar. Eu sou o Homem.         

Eu agirei agora.”

Sejam excepcionais

 

André Rosa