Um dos melhores livros que li até hoje. Definitivamente de leitura obrigatória. Este livro dá-nos uma perspectiva real da sociedade, educa e ensina. A forma como é narrado é brilhante. Não pude deixar de sublinhar algumas frases para reflexão e gostaria de partilhar. Não é um resumo mas deixa um sabor daquilo que poderá encontrar nesta excelente obra de Augusto Cury – “O Vendedor de Sonhos, O Chamamento”

“O objetivo fundamental dos sonhos não é o sucesso, mas livrar-nos do fantasma do conformismo”

“Se os sonhos forem desejos e não projetos de vida, certamente levarão para sepultura os vossos conflitos”

“Vivemos numa sociedade consumista, de desejos e não de projetos existenciais. Ninguém planeia ter amigos, ser tolerante, superar medos e fobias, ter um grande amor”

“Aqueles que são formais recebem diplomas e aplausos, os desvairados produzem ideias que eles utilizam”

“Não temas a difamação exterior. Teme os teus próprios pensamentos, pois apenas eles podem penetrar na tua essência e destruí-la”

“Toda a escolha traz frustações e não apenas benefícios”

“A crítica fere uma pessoa, o preconceito anula-a”

“O sucesso é mais difícil de trabalhar do que o fracasso”

“Quem não desenvolve a arte de observar tem uma inteligência superficial e uma humanidade rasteira. Pode vir a ser um depósito de informações, mas nunca construirão grandes ideias”

“Internet, jogos de vídeo, computadores, são úteis, mas têm destruído algo inviolável: a infância. Onde está o prazer do silêncio? Da arte da observação? Da inocência?”

“Frase de Jesus Cristo: Nem só de lojas viverão as crianças, mas de todas as aventuras da infância”

“A natureza não era importante para a sobrevivência física da espécie humana, mas para a sua sobrevivência emocional”

“Não há pessoas que não servem para nada, mas sim pessoas mal valorizadas, mal utilizadas, mal exploradas”

“O ser humano morre não quando o seu coração deixar de bater, mas quando, de alguma forma, deixa de se sentir importante”

“Os fracos matam o corpo dos seus inimigos, os fortes matam o significado deles dentro de si. Os que matam o corpo são assassinos, os que matam o que eles representam são sábios”

“A inveja e a vingança são fenómenos exclusivos da espécie humana”

“O dinheiro em si mesmo não trás felicidade, mas a falta pode tirá-la drasticamente. O dinheiro não enlouquece, mas o amor por ele destrói a serenidade. A ausência do dinheiro torna-nos pobre, mas o seu mau uso torna-nos miseráveis”

“Quem cobra mais dos outros do que de si mesmo está apto a trabalhar numa financeira, mas não com seres humanos”

“As pessoas tinham liberdade de pensar, desde que pensassem como eu”

“Viver bem se deve mais à arte de saber perder do que de saber ganhar. Esperar muito dos outros é um barco furado”

“Se os líderes empresariais e políticos pensassem como espécies, dois terços dos problemas da humanidade seriam resolvidos”

“A outra borboleta também ficou apreensiva… mas amou a liberdade mais do que os acidentes que viriam”

“O risco do sucesso é ser uma máquina de atividades”

“O problema da classe trabalhadora era o consumismo, a compulsão pelo crédito e os gastos acima dos rendimentos”

 

Até breve!!

Luis Barbudo